Bélgica. KV Ostende despede guarda-redes por organizar festa ilegal

O clube de futebol belga KV Ostende anunciou na terça-feira a demissão imediata do guarda-redes camaronês Fabrice Ondoa por ter organizado em sua casa uma festa clandestina, violando as restrições de combate à pandemia de Covid-19.

“Como clube de futebol, não podemos tolerar um comportamento egoísta e irresponsável”, disse Gauthier Ganaye, presidente do clube, que milita na primeira divisão belga.

A polícia da localidade flamenca de Ostende, no noroeste do país, foi alertada na noite de sábado para domingo para ruídos que vinham da casa do desportista, de 24 anos.

Os agentes comprovaram que estavam no interior do apartamento uma dezena de pessoas que não respeitavam as normas contra o coronavírus, como o recolher obrigatório e a limitação dos contactos sociais: “Ainda não tivemos infeções pela Covid-19 no nosso plantel e fazemos tudo o possível para que continue assim. Por isso recordamos constantemente aos nossos jogadores as suas responsabilidades. Somos obrigados a dar início a um procedimento de demissão contra Fabrice Ondoa”, acrescentou o clube.

O guarda-redes, internacional pelo seu país, chegou ao clube belga em Julho de 2018 e disputou 30 encontros com o Ostende, mas esta temporada foi relegado  para o banco.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.