Hong Kong. Sixtus Leung pede asilo político a Washington

∞™µ•™k∞|∫Ú´Ê≤‚∞T´fl¨F•q¥N•fl™k∑|•DÆu±Áßg´€ßÂ≤a´C¶~∑s¨Fƒ≥≠˚±Áπ|´Ì(•™)©M¥Âø∑∫’(•k)¶A´≈ª}•”Ω–•q™k¬–Æ÷°C ƒ¨•ø¡æƒ·(Pix By : So So) 2016/10/18 ¥‰ªD ™kÆx™©

O antigo deputado da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong e militante pela independência da antiga colónia britânica, Sixtus Leung, anunciou esta sexta-feira que tinha deixado a cidade e se tinha refugiado nos Estados Unidos da América, país ao qual solicitou asilo político.

“Eu, Sixtus ‘Baggio’ Leung, declaro que rompo todos os meus vínculos com minha família em Hong Kong”, declarou o militante, numa mensagem postada na rede social do Facebook.

A Haven Assistance, organização pró-democracia fundada por militantes de Hong Kong no exílio, informou que Leung deixou Hong Kong a 30 de Novembro, que chegou aos Estados Unidos da América no dia seguinte e que decidiu pedir “asilo político” perante o clima de “dura perseguição” vivida no arquipélago.

A associação lembra que Sixtus Leung foi privado do seu mandato de deputado e do seu direito de voto.

Leung defende a secessão de Hong Kong. O antigo deputado e outro correligionário seu foram detidos por um período de quatro semanas após terem tentado entrar no Parlamento, em 2016, sem autorização.

Os dois militantes não conseguiram nunca cumprir os mandatos para que foram eleitos como deputados, visto que as autoridades consideraram que não tinham efectuado correctamente o juramento. Ambos exibiram bandeiras com o lema “Hong Kong não é China”.

A República Popular da China impôs no fim de Junho uma severa lei de segurança nacional em Hong Kong, que controla a vida política da antiga colónia britânica e que restringe especialmente o direito à manifestação.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.