Emirados autorizam vacina chinesa contra a Covid-19

O governo dos Emirados Árabes Unidos (EAU) autorizou oficialmente esta quarta-feira a vacina contra o coronavírus produzida pelo grupo farmacêutico chinês Sinopharm e afirmou que o imunizante tem 86 por cento de eficácia, de acordo com uma análise aos testes clínicos de terceira fase.

O Ministério da Saúde do país anunciou o registo oficial da vacina, informou a agência estatal de notícias WAM, sem revelar detalhes sobre quando começará a ser utilizada.

A vacina foi submetida a testes de terceira fase nos Emirados desde Julho e aprovada para uso de emergência nos profissionais de saúde em Setembro: “O anúncio é um voto de confiança significativo das autoridades de saúde dos Emirados Árabes Unidos na segurança e eficácia da vacina”, afirmou a WAM.

As autoridades de saúde do país submeteram a uma análise intermediária os resultados dos testes de terceira fase, que mostram uma eficácia de 86 por cento contra o coronavírus, de acordo com a agência. Duas vacinas foram submetidas a testes de terceira fase nos Emirados, a da Sinopharm e a Sputnik-V russa.

O líder de Dubai, o xeque Mohammed bin Rashid Al-Maktum, afirmou em Novembro que tomou uma das vacinas experimentais contra a Covid-19.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.