Suiça. Ex-pugilista brasileira terá espancado marido até à morte

Uma ex-pugilista brasileira foi detida esta semana pelas autoridades suíças sob suspeita de ter espancado o seu marido até à more. Viviane Obenauf, que já disputou por três ocasiões o título mundial na categoria super-pena, tinha se casado com a vítima, de 61 anos, a 25 de Janeiro último.

De acordo com a imprensa suiça, Obenauf deve permanecer em prisão preventiva por pelo menos três meses. A antiga pugilista – que já tinha sido detida em Londres, em 2016, por agredir um homem numa discoteca da capital britânica – é suspeita de ter espancado o marido até a morte com um “objecto contundente” dentro do apartamento que dividia com o homem, na região de Interlaken, A vítima, identificada apenas pelo nome de Thomas F, foi encontrado morto no local no dia 19 de Outubro.

A mulher de 34 anos foi presa esta semana e encontra-se sob custódia policial enquanto ocorrem as investigações do caso. O sobrenome da vítima não foi divulgado pelas autoridades suiças, mas a polícia local adiantou que Thomas ele morreu devido a ferimentos graves causados por um objeto contundente e uma “agressão violenta sustentada”. Agentes da polícia de investigação suiça ainda revistaram o ginásio da brasileira e o apartamento no qual o casal morava, localizado em cima do restaurante Des Alpes, cujo dono era a vítima.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.