Covid-19. Polícia alemã interrompe manifestação contra restrições

A polícia alemã interrompeu no sábado uma manifestação de pessoas contrárias às restrições para conter o coronavírus na cidade de Bremen, depois do protesto ter sido proibido pelo Supremo Tribunal do país.

O tribunal constitucional da Alemanha manteve as decisões anteriores de tribunais de primeira e segunda instância que já haviam negado a autorização para que 20 mil manifestantes se reunissem no centro da cidade de Bremen.

No entanto, centenas de pessoas decidiram desrespeitar a decisão do tribunal e reuniram-se no centro da cidade. Muitos dos manifestantes opuseram-se às medidas do Governo contra o coronavírus, mas outros integravam uma manifestação favorável.

A polícia de Bremen disse no Twitter que estava a tentar manter os grupos separados e acabar com a aglomeração proibida, além de pedir às pessoas que usassem máscaras.

No mês passado, a polícia disparou canhões de água e lançou gás pimenta, num esforço para dispersar milhares de manifestantes em Berlim, irritados com as restrições impostas devido ao novo coronavírus.

Embora a maioria dos alemães aceite o mais recente “bloqueio light” para conter uma segunda onda do coronavírus, críticos dizem que as medidas colocam em risco os direitos civis dos cidadãos.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.