Depois do Goni, as Filipinas preparam-se para o Atsani

As Filipinas deverão voltar a ser atingidas por uma tempestade tropical na quinta-feira, depois de o Goni, tido como o tufão mais forte do ano, ter feito 20 mortos no país e deixado um rasto de destruição.

A tempestade tropical Atsani, que se encontrava esta terça-feira a nordeste do arquipélago, aproxima-se da ilha mais populosa das Filipinas, Luzon, com ventos de 80 quilómetros por hora, com os meteorologistas a preverem que se converta durante as próximas horas num tufão: “Não é tão poderoso como o Goni, mas provocará danos em estradas e pontes à sua passagem”, avisou o Presidente filipino, Rodrigo Duterte, em declarações transmitidas pela televisão.

Pelo menos 20 pessoas morreram na sequência da passagem do tufão Goni, que destruiu dezenas de milhares de casas, deixou danos significativos nas redes eléctrica e de telecomunicações e provocou aluimentos de terras, disseram as autoridades filipinas.

A ilha de Catanduanes e a província insular de Albay, na ilha de Luzon, foram as áreas mais afectadas pelas condições meteorológicas extremas que atingiram o território filipino no domingo, com vento forte e rajadas na ordem dos 225 km/h e chuvas torrenciais.

O tufão, que seguiu uma trajectória em direção a oeste, perdeu intensidade ao atingir a área metropolitana de Manila (capital), antes de progredir no mar do Sul da China. A tempestade segue em direcção ao centro do Vietname, região que foi fustigada por quatro tufões no período de pouco mais de um mês.

Os serviços de proteção civil filipinos contabilizaram mais de 20 mil casas destruídas e 58 mil parcialmente danificadas. Antes da passagem do tufão, centenas de milhares de pessoas foram retiradas das zonas de risco.

O Goni, que se formou no Oceano Pacífico, foi descrito pelos meteorologistas como o tufão mais forte deste ano e classificado inicialmente na categoria de supertufão.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.