Bélgica é o país onde o novo coronavírus circula com mais intensidade

A Bélgica tornou-se o país do mundo onde o coronavírus circula com maior intensidade nesta segunda fase da pandemia, e registou quase tantos pacientes internados na quarta-feira quanto no pico da primeira onda, de acordo com dados oficiais.

Na terça-feira, o país de 11,5 milhões de habitantes registou 689 novas internações, quebrando o recorde histórico de 629, estabelecido a 28 de Março.

Consequentemente, são 5.554 os pacientes Covid-19 actualmente internados em hospitais belgas, número muito próximo do máximo registado a 6 de Abril: 5.759 pessoas. Os dados são do instituto belga de saúde pública Sciensano.

Na Bélgica – onde um novo endurecimento das restrições deve ser anunciado na sexta-feira – a taxa de incidência do vírus na população é a mais alta do mundo, excepção feita ao pequeno principado de Andorra.

De acordo com dados da AFP, nos últimos sete dias houve cerca de 891 novos casos por 100.000 habitantes na Bélgica, em comparação com 826 na República Checa, o segundo país mais afectado.

Países vizinhos como a França (397) e a Holanda (394) ocupam, respectivamente, a nona e a décima colocação nesse ranking.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.