Covid-19. Saeb Erekat, líder palestiniano, em “estado crítico”

O secretário-geral da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Saeb Erekat, está em condição “crítica” depois de ter contraído o novo coronavírus, anunciou o hospital de Jerusalém em que o dirigente stá internado.

Erakat, 65 anos, um dos líderes palestinos mais conhecidos no exterior, tem fibrose pulmonar e em 2017 foi submetido a um transplante de pulmão num hospital dos Estados Unidos da América.

No dia 9 de Outubro, a OLP informou que Erekat foi diagnosticado com Covid-19:

“Erakat passou uma noite tranquila, mas esta manhã o seu estado piorou e agora encontra-se em estado crítico”, afirmou o hospital Hadassah Ein Kerem, num comunicado. “Devido às dificuldades que apresenta, Erekat foi ligado a um ventilador e está sedado”, completa o boletim médico.

O estado de Erakat “representa um desafio” devido ao problemas pulmonares prévios que apresenta, de acordo com o hospital.

Erakat foi internado no domingo na UTI do hospital israelita a pedido das autoridades palestinas: “Chegou em estado grave, precisava de assistência respiratória e muito oxigénio”, afirmou o centro médico.

Erakat vive na cidade palestiniana de Jericó, na Cisjordânia, território palestiniano ocupado por Israel desde 1967. É um importante colaborador do presidente Mahmud Abas e liderou as negociações com Israel, que actualmente estão paralisadas.

A Cisjordânia registou 42.490 casos de coronavírus e 381 mortes, numa população de 2,8 milhões de palestinianos.

A Faixa de Gaza, território palestiniano governado pelo movimento islamita Hamas e submetido a um severo bloqueio israelita, regista 4.650 casos e 27 mortes, numa população de dois milhões de pessoas.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.