Espanha já não vence em Lisboa há 86 anos

A seleção espanhola de futebol, que visita Portugal esta quarta-feira, não ganha em Lisboa há 86 anos, quando, na fase de classificação para o segundo Campeonato do Mundo de Futebol, se conseguiu impôr por 1-2.

Sete dias antes, a 11 de Março de 1934, a equipa de Amadeo García tinha ganho por 9-0 no Estádio Chamartín com cinco golos de Isidro Lángara. Na segunda-mão, o avançado do Oviedo conseguiu bisar e selar o último triunfo espanhol na capital portuguesa, num jogo disputado no estádio do Lumiar, a primeira casa do Sporting Clube de Portugal, que trinta anos depois se mudou para Alvalade.

Desde 18 de Março de 1934 que Espanha não voltou a celebrar um triunfo em Lisboa, embora tenha conseguido triunfar em Portugal, num amigável jogado a 6 de Setembro de 2003 no estádio Afonso Henriques de Guimarães. Vitória por 0-3 contra uma seleção das “quinas” treinada por Luiz Felipe Scolari e liderada à época por Luís Figo e Rui Costa.

Este foi o derradeiro triunfo espanhol em campos lusos, onde voltou a jogar duas vezes, no José Alvalade no último jogo da fase de grupos do Euro 2004, com um triunfo de Portugal por 1-0, golo de Nuno Gomes; e na Luz a 17 de Novembro de 2010, um amigável onde a equipa de Vicente Del Bosque, recém campeã mundial, foi goleada por 4-0.

Portugal é o rival que Espanha enfrentou mais vezes, num total de 36 ocasiões. O balanço do duelo ibérico está claramente a favor de Espanha, com dezassete triunfos, catorze empates e cinco derrotas, 77 golos a favor e 39 contra.

É uma longa história quase centenária de confrontos que começou no estádio O’Donnell de Madrid a 18 de Dezembro de 1921, com um triunfo espanhol por 3-1, e que teve o último capítulo em Sochi, a 15 de Junho de 2018, na fase de grupos do Mundial da Rússia, um jogo louco que acabou com um empate a três tentos.

Espanha está há uma década sem vencer Portugal, mas também sem perder no duelo ibérico, dado que o último triunfo foi a vitória pela margem mínima nos oitavos de final do Mundial de 2010, onde a seleção de Del Bosque se proclamou campeã. A última derrota foi no amigável  que se disputou cinco meses depois na Luz.

A partir de aí, as duas selecções encontraram-se na meia-final do Europeu de 2012, com o jogo a decidir-se numa ronda de grandes penalidades, depois de um empate sem golos no tempo regular. O triunfo acabou por ser revelar favorável a Espanha, que revalidou o seu título continental em Kiev, e no embate na Rússia em 2018.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.