Honda Motor retira-se da Fórmula 1 em 2021

A japonesa Honda Motor anunciou na sexta-feira que vai colocar ponto final à sua participação no Campeonato do Mundo de Fórmula 1 em 2021, procurando com isto focar os seus recursos no desenvolvimento de tecnologias de nova geração.

A empresa nipónica, actualmente responsável pelos motores das equipas Aston Martin Red Bull Racing e Alpha Tauri, participa como construtora no Campeonato do Mundo desde 2015, trajectória que termina no final da próxima época, afirmou a Honda em comunicado: “Em 2015 começamos este desafio com o objectivo de ganhar a melhor corrida de quatro rodas do mundo com a nossa própria tecnologia”, assinalou a Honda.

A empresa destacou que “alcançou um elevado nível de competitividade” e os seus veículos conseguiram a vitória em três corridas em 2019 e outras duas este ano.

A Honda Motor decidiu agora “concentrar a sua gestão e recursos na investigação e desenvolvimento para o futuro”, em particular nos veículos de células de combustível e automóveis eléctricos com baterias.

A aposta integra-se na estratégia da empresa de alcançar “neutralidade na produção de carbono até 2050” e “contribuir para uma sociedade sustentável” e faz parte do “momento determinante” que a indústria automóvel mundial enfrenta.

A Honda, no entanto, “vai continuar a enfrentar o desafio de competir” no Campeonato Mundial de Fórmula 1 até ao final da temporada 2021: “Para satisfazer as expectativas dos nossos fãs, lutaremos com todas as nossas forças até ao final da próxima temporada e com o objectivo de alcançar mais vitórias com a Red Bull Racing e a Alpha Tauri”, disse a empresa japonesa.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.