Covid-19. Espanha reduz quarentena obrigatória para 10 dias

As autoridades espanholas anunciaram na terça-feira a redução do período de  quarentena de 14 para 10 dias para pessoas que estiveram em contacto com um caso confirmado do coronavírus. A pandemia continua a ganhar terreno em Espanha.

“Para os casos leves, mantém-se o isolamento por 10 dias a partir do início dos sintomas, desde que pelo menos três tenham decorrido sem a apresentação de nenhum sintoma” de Covid-19, explicou o Ministério da Saúde do país, num comunicado libertado na terça-feira.

“Estabelecidas estas circunstâncias, não será necessário fazer um teste de diagnóstico para a suspensão do referido isolamento ou para o retorno ao trabalho”, acrescentou.

O texto diz ainda que “nos casos positivos assintomáticos, o isolamento será mantido por 10 dias a partir da data da recolha da amostra para diagnóstico”, com acompanhamento médico.

O abrandamento das medidas é resultado de uma negociação entre o governo espanhol e as regiões autónomas, com competências nas questões de saúde. Muitos países europeus notaram a dificuldade de manter as medidas de isolamento.

A Áustria e a Eslovénia também reduziram esse prazo para 10 dias, que é o período em vigor no Reino Unido, na Irlanda e na Suíça. No entanto, a Organização Mundial da Saúde e países como a Itália recusam-se a diminuir a recomendação e continuam a exigir 14 dias de quarentena.

A Espanha é um dos países europeus mais atingidos pelo coronavírus, que está a voltar a ganhar terreno. O governo registou 241 mortes nas últimas 24 horas, um recorde desde o início da segunda vaga. Na terça-feira, as autoridades espanholas diagnosticaram ainda 10.799 infecções.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.