Milionário crítico de Xi Jinping condenado a 18 anos de prisão

O milionário chinês Ren Zhiqiang, crítico do presidente Xi Jinping, a quem chamou de “palhaço”, foi condenado esta terça-feira a 18 anos de prisão e a pagar uma multa de 4,2 milhões de renminbi (620.000 dólares) por “corrupção”, anunciou um tribunal da capital chinesa.

Ren Zhiqiang foi condenado por “corrupção, aceitação de subornos, desvio de fundos e abuso de poder”, anunciou o Tribunal Popular Intermediário Nº2 de Pequim.

Zhiqiang, 69 anos, ex-director de um grupo imobiliário público, foi expulso do Partido Comunista da China (PCC) em Julho.

Em Março, o empresário publicou na Internet uma crítica à resposta das autoridades à epidemia de Covid-19, que emergiu em Dezembro do ano passado na cidade de Wuhan, capital da província

Zhiqiang chamou Xi Jinping de “palhaço” e acusou o governo de reagir com atraso à disseminação do vírus.

Em Abril as autoridades chinesas iniciaram uma investigação por “violação da disciplina” do Partido.

De acordo com o veredicto, Rem Zhiqiang,  antigo presidente do grupo imobiliário Beijing Huayuan, recebeu subornos de 1,25 milhão de yuanes entre 2003 e 2017. A sentença afirma que o milionário “confessou todos os crimes e não vai recorrer” contra a decisão.

Desde que chegou ao poder em 2013, Xi Jinping iniciou uma grande campanha de combate à corrupção, bem recebida pela opinião pública. Ao mesmo tempo, algumas vozes afirmam que a campanha é utilizada para eliminar potenciais rivais do presidente.

Membro do Partido Comunista de 1974 a 2020, Ren Zhiqiang tinha milhões de seguidores que apreciavam as suas opiniões na rede social Weibo.

A conta foi desactivada em 2016, após a publicação de uma mensagem que criticava um discurso de Xi Jinping que incentivava a imprensa oficial a servir o Partido.

Na China, o governo controla e pressiona cada vez mais a sociedade civil. A censura aumentou na Internet, muitos advogados foram intimidados ou detidos e os professores mencionam ataques à liberdade de ensino.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.