Vendas da Nissan caíram 37,3 por cento em Maio

As vendas globais da Nissan Motor caíram 37,3 por cento no mês de Maio, quando comparado com o período homólogo de 2019. Nos primeiros cinco meses do ano, o volume de vendas da construtora nipónica sofreu uma contracção de 32,3 por cento, anunciou esta segunda-feira a empresa.

A exemplo do que sucede com outras corporações do sector, a Nissan Motor foi vítima de uma quebra abrupta na procura global de veículos devido à pandemia de coronavírus, que obrigou a empresa a suspender a produção em muitas das suas fábricas.

A Nissan vendeu em Maio último 272.873 veículos e 1,47 milhões de unidades nos primeiros cinco meses do ano, indicou a empresa em comunicado.

A República Popular da China foi o principal comprador dos veículos da Nissan no mês passado, ao transacionar 130.016 viaturas. O número esconde um aumento de 6,7 por cento em relação ao mesmo mês de 2019. É o único mercado da Nissan em que a companhia registou um crescimento nas suas vendas durante o mês de Maio.

Em segundo lugar estão os Estados Unidos da América, com 65.065 unidades (-50,7 por cento do que há um ano), enquanto que na Europa as vendas tiveram uma queda mensal de 67,5 por cento, de até 14.800 veículos.

Quanto aos níveis de produção, saíram das fábricas da Nissan Motor 156.898 unidades em maio, menos 62,6 por cento do que no mesmo mês de 2019. Nos primeiros cinco meses deste ano, a empresa japonesa fabricou 1,20 milhões de veículos (-42,5 por cento do que no mesmo período de 2019).

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.