Morreu Christo, o artista que quis embrulhar o mundo

O artista plástico Christo, famoso pelas suas colossais criações inspiradas na transformação de monumentos como a Pont Neuf, em Paris, ou o Reichstag em Berlim, morreu neste domingo aos 84 anos, disseram os seus colaboradores na sua conta oficial do Facebook.

O artista, Christo Vladimirov Javacheff, “faleceu de causas naturais a 31 de Maio de 2020 na sua casa em Nova York”, de acordo com uma mensagem divulgada pelo seu gabinete no Facebook.

Christo formou com a sua esposa, a criadora Jeanne-Claude, um dos casais mais mediáticos da arte contemporânea.

As suas obras criadas in situ, precisavam de anos de concepção e milhões de dólares para serem realizadas, embora se mantivessem por apenas alguns dias.

Inventor de um novo género artístico, “o tecido do espaço”, Christo  envolveu a famosa ponte Pont Neuf em Paris (1985) e o Reichstag em Berlim (1995), entre outras criações.

“Christo viveu a sua vida plenamente, não apenas imaginando o que parecia impossível, mas compreendendo o mundo à sua volta. O trabalho de Christo e Jeanne-Claude reuniu pessoas com experiências compartilhadas um pouco por todo o mundo, e o seu trabalho será perpetuado no nossos corações e na nossa memória”, escreveram os seus colaboradores na mensagem em que a morte de Christo foi tornada pública.

Nascido em 13 de Junho de 1935 em Gabrovo, na Bulgária, Christo fugiu em 1956 num comboio de mercadorias do regime comunista e do realismo soviético ensinado na Faculdade de Belas Artes de Sofia.

Em 1958,  conheceu a sua esposa francesa, Jeanne-Claude Denat de Guillebon, que morreu em 2009 em Paris.

Christo decidiu estabelecer-se em Nova York e obteve a cidadania americana.

O seu último projecto em preparação, o envolvimento do Arco do Triunfo na capital francesa, anunciado como um dos eventos mais espetaculares do Outono, teve que ser adiado por um ano devido à epidemia do novo coronavírus.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.