Indonésia centenária sobrevive ao novo coronavírus

Uma indonésia de 100 anos recuperou de uma infecção pelo novo coronavírus e tornou-se a paciente de mais idade no país a sobreviver à COVID-19. Kamtim, que responde apenas por um único nome, como parte significativa dos indonésios, regressou a casa esta semana, depois de passar um mês hospitalizada em Surabaya, a segunda maior cidade do país.

O governador da região de Java Oriental, Khofifah Indar Parawansa, disse esperar, ao anunciar a notícia, que a história de Kamtim ajude a levantar a moral dos idosos do país: “Espero que sua recuperação motive as pessoas de mais idade durante esta pandemia”, afirmou o governador.

Nascida em 1920, Kamtim foi conduzida ao hospital com sintomas do novo coronavírus. Os exames confirmaram o contágio.

Siti Aminah, a nora da paciente, atribui a recuperação a “sua disciplina e persistência”: “Todos os dias perguntava às enfermeiras e respondiam que ela era muito forte e muito disciplinada e que seguia à risca o tratamento”, contou à AFP.

A Indonésia regista oficialmente mais de 26.000 casos do novo coronavírus e 1.613 mortes. Mas o país faz poucos testes de detecção, o que leva os especialistas a acreditar que os números reais são muito maiores.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.