Comer como Pac-Man. Invenção israelita facilita ida aos restaurantes

Uma equipa de inventores israelitas desenvolveu uma máscara de proteção contra o novo coronavírus com uma boca controlada remotamente que poderá permitir que eventuais clientes de restaurantes possam comer sem a retirar, o que, segundo eles, pode tornar menos arriscada uma visita a um restaurante.

Apertando uma alavanca, semelhante ao manípulo com que um ciclista activa o sistema de travagem uma bicicleta, é possível abrir uma fenda na parte frontal da máscara para que os alimentos possam ser ingeridos sem que o equipamento de protecção tenha que ser retirado.

O processo pode, no entanto, complicar-se caso envolva alimentos como gelados ou molhos, mas alimentos sólidos podem ser abocanhados em menos de nada, mais ou menos como faria Pac-Man, o incontornável herói de um dos mais famosos jogos de vídeo clássicos.

“A máscara pode ser aberta mecanicamente através de um controlo remoto ou automaticamente, quando o garfo se aproxima da boca”, disse Asaf Gitelis, vice-presidente da Avtipus Patents and Inventions, nesta segunda-feira, durante uma demonstração do aparelho nas instalações da empresa, perto de Tel-Aviv: “Assim os utilizadores podem comer, aproveitar, beber. Tira o garfo e o buraco fecha. O utilizador está protegido contra o vírus, bem como as pessoas que se encontram com ele”. 

A empresa anunciou que planeia iniciar o fabrico das máscaras nos próximos meses e já registou uma patente para o dispositivo. A máscara poderá ser vendida a um preço que varia entre os 0,85 e os 2,85 dólares, um preço ligeiramente acima daquele a que as máscara normais são vendidas em Israel. 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.