EUA. Pentágono recebeu encomenda de cem mil sacos mortuários

O Pentágono anunciou esta quarta-feira ter recebido uma encomenda do Governo federal norte-americano de 100.000 sacos mortuários para as agências de saúde do país, numa altura em que a epidemia do novo coronavírus aumenta nos Estados Unidos da América.

A divisão logística do Ministério da Defesa “está a dar resposta” a um pedido da agência federal de gestão de emergências (FEMA) “de 100.000 sacos mortuários destinados (…) às agências de saúde dos estados”, indicou um porta-voz do Pentágono, o tenente-coronel Mike Andrews.

A FEMA centraliza os esforços do Estado federal norte-americano na luta contra o coronavírus. O Presidente norte-americano, Donald Trump, advertiu esta semana que os Estados Unidos da América iam enfrentar duas semanas “muito, muito dolorosas”.

A Casa Branca estimou que o novo coronavírus deverá causar entre 100.000 e 240.000 mortos no país se as restrições actuais forem respeitadas, contra 1,5 a 2,2 milhões se não fossem tomadas quaisquer medidas.

Mais de três norte-americanos em quatro estão sob confinamento. A maioria das grandes cidades foram afectadas e os surtos que surgiram em Chicago e em Nova Orleães têm-se agravado.

Os Estados Unidos da América são o país em todo o mundo com maior número de infectados (216.722) e o quarto com mais mortes (5.137), depois de Itália, Espanha e República Popular da China.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 940.000 pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 47.000.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.