Macau. Fluxo de passageiros no Aeroporto caiu 45 por cento

O Aeroporto Internacional de Macau indicou esta terça-feira que este ano, até 30 de Março, o fluxo de passageiros e o movimento de voos em Macau caíram 45 por cento e 55 por cento, respectivamente.

“Devido à epidemia desencadeada pelo novo coronavírus desde o início deste ano, a procura pela indústria da aviação caiu drasticamente”, apontou em comunicado a entidade que gere o Aeroporto da capital mundial do jogo.

“Até 30 de Março, o número de fluxos de passageiros e movimentos de voos da MIA no primeiro trimestre caiu 45 por cento e 55 por cento, respectivamente, em comparação com o mesmo período de 2019”, informou o Aeroporto Internacional de Macau.

Para tentar colmatar esta situação introduziram-se vários planos de incentivo para impulsionar o mercado, para incentivar as companhias aéreas a continuar a prestar serviços de transporte aeroportuário, lê-se no comunicado.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 750 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 36 mil.

Na mesma nota, o Aeroporto Internacional de Macau estimou que em 2019 a receita total das principais operadoras do Aeroporto tenha sido de 6,27 mil milhões de patacas (709 milhões de euros), mais 13,6 por cento que no ano anterior.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.