Espanha proíbe cerimónias fúnebres pelo menos até 11 de Abril

As cerimónias fúnebres foram na segunda-feira proibidas em Espanha, o segundo país mais afectado pelo novo coronavírus no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia.

“A celebração de cultos religiosos ou cerimónias fúnebres civis é adiada até ao final do estado de alerta”, que prevê o isolamento geral da população, pelo menos até 11 de Abril, explicita o decreto-lei publicado na segunda-feira, citado pela agência France-Presse.

O diploma também prevê que apenas três familiares da pessoa que morreu possam participar em enterros ou cremações, respeitando “sempre uma distância mínima de um a dois metros entres eles”.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia do novo coronavírus, já infectou mais de 750 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 36 mil.

Dos casos de infecção, pelo menos 148.500 são considerados curados.

Depois de surgir na República Popular da China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu, com mais de 413 mil infectados e mais de 26.500 mortos, é aquele onde se regista actualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 11.591 mortos em 101.739 casos confirmados até segunda-feira.

A Espanha é o segundo país com maior número de mortes, registando 7.340, entre 85.195 casos de infecção confirmados, enquanto os Estados Unidos são o que tem maior número de infetados (143.055).

A República Popular da China – as contas não abrangem os territórios de Hong Kong e Macau – conta com 81.470 casos (mais de 75 mil recuperados) e regista 3.304 mortes. A China anunciou 31 novos casos, dos quais 30 oriundos do exterior, e mais quatro mortes, numa altura em que o país suspendeu temporariamente a entrada no país de cidadãos estrangeiros, incluindo residentes.

Os países mais afectados a seguir a Itália, Espanha e China são a França, com 3.024 mortes (44.450 casos), o Irão, com 2.757 mortes reportadas (41.495 casos), e os Estados Unidos da América com 2.514 mortes (143.055 casos).

De acordo com o Centro para a Prevenção e Controlo de Doenças (CDC) da União Africana, com base nos dados mais recentes, já morreram pelo menos 152 pessoas e 4.871 pessoas ficaram infectadas pelo novo coronavírus em África.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.