Reserva financeira cresceu para os 579 mil milhões de patacas

O Governo anunciou esta quarta-feira que a reserva financeira do território era, no final do ano passado, de 579,4 mil milhões de patacas, mais 13,9 por cento do que o valor registado em 2018.

Os rendimentos dos investimentos da reserva financeira em 2019, “beneficiando da significativa recuperação no mercado de capitais global”, atingiram os 30,2 mil milhões de patacas. A fasquia esconde uma margem de lucro anual da ordem dos 5,6 por cento, “um novo recorde desde a criação da reserva financeira em 2012”, sublinhou em comunicado a Autoridade Monetária de Macau (AMCM).

Na mesma nota, as autoridades do território da capital mundial do jogo detalharam que, dos 579,4 mil milhões de patacas de reserva financeira, “a reserva básica representava 148,9 mil milhões de patacas e a reserva extraordinária 430,5 mil milhões”, até finais de 2019.

Estes bons resultados são justificados pelo “abrandamento na disputa comercial entre a China e os Estados Unidos da América”, durante o ano, e pelo facto de a “situação do Brexit” se ter tornado “gradualmente mais clara, juntamente com as sucessivas políticas monetárias mais flexíveis adoptadas pelos principais bancos centrais”.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.