Alemanha. Quatro anos e meio de prisão para autores do roubo de moeda gigante

Um tribunal de Berlim condenou esta quinta-feira a vários anos de prisão os autores do roubo de uma moeda de ouro com cem quilogramas de um museu da capital alemã. A ocorrência remonta ao final de Março de 2017.

Dois homens, de 21 e 23 anos, conhecidos pelas ligações ao crime organizado, foram condenados em primeira instância a quatro anos e seis meses de prisão, anunciou o tribunal regional de Berlim.

Ahmed e seu irmão Wayci entraram na noite de 27 de Março de 2017, com a ajuda de uma escada, no museu Bode, no centro da cidade, com o objectivo de roubar uma moeda de ouro maciço avaliada em 3,75 milhões de euros.

Um segurança do Museu, que forneceu informações sobre o sistema de alarme do núcleo museológico, foi condenado a três anos e quatro meses de prisão.

Uma quarta pessoa suspeita de participação no roubo foi absolvida.

Conhecida como “Big Maple Leaf”, a moeda canadiana de ouro tem uma efígie da rainha Elizabeth II e é considerada a segunda maior moeda de ouro do mundo, atrás apenas de uma australiana que pesa uma tonelada, criada em 2012.

A moeda nunca chegou a ser encontrada. Os investigadores acreditam que foi derretida e o ouro revendido ou enviado para fora do país.

De acordo com a imprensa alemã existem apenas cinco exemplares desta moeda no mundo.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.