Novo chefe do Partido Comunista em Hubei promete conter surto epidémico

O novo chefe do Partido Comunista Chinês na província de Hubei, epicentro do surto de coronavírus na República Popular da China, disse na quinta-feira que as autoridades chinesas vão conter a propagação do vírus, mas reconheceu que a situação continua grave.

Presidente da Câmara de Xangai, Ying Yong, foi nomeado para o cargo de Secretário do Partido Comunista em Hubei depois do seu antecessor e o responsável pelo partido na capital da província, Wuhan, se terem tornado as autoridades de maior nomeada a serem demitidas devido ao surto epidémico.

A remoção de Jiang Chaoliang, principal figura do Partido Comunista em Hubei, e Ma Guoqiang, chefe do partido em Wuhan, seguiu-se à demissão dos dois principais responsáveis pela Comissão provincial de saúde na terça-feira, e faz parte de um esforço mais amplo de Pequim para remover burocratas acusados de não estarem a cumprir com os seus deveres.

O Governo central criou um grupo de trabalho especial sob a supervisão directa do primeiro-ministro, Li Keqiang, para lidar com a crise, e as novas nomeações em Hubei sugerem que os principais líderes do país estão a assumir maior controlo.

Em declarações publicadas no jornal oficial Hubei Daily após ter sido nomeado, Ying garantiu que não vai decepcionar nem o Partido, nem o povo, mas reconheceu que as responsabilidades de que foi incumbido “são muito pesadas”.

“Na actualidade, a situação do vírus ainda é extremamente grave”, disse ele segundo o jornal. “Definitivamente venceremos a batalha para defender Wuhan, a batalha para defender Hubei e a batalha para prevenir e controlar a doença.”

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.