USJ. Stephen Morgan substitui Peter Stilwell na liderança

Fotografia: Expediente Sínico

O diácono galês Stephen Morgan vai substituir o padre Peter Stilwell à frente dos destinos da Universidade de São José, noticiou esta quarta-feira a Rádio Macau. No cargo desde 2012, Peter Stilwell vai deixar a liderança da instituição de ensino superior no final do corrente mandato, o segundo que cumpre como reitor da USJ.

A escolha do actual director da Faculdade de Estudos Religiosos para o cargo de reitor da universidade católica do território é, de acordo com a Rádio Macau, uma aposta pessoal de D. Stephen Lee. Foi o bispo de Macau e actual chanceler da Universidade de São José quem convidou Stephen Morgan para a integrar os quadros da instituição, em 2018. É ao chanceler que compete nomear e demitir quer o reitor, quer os vice-reitores.

Stephen Morgan nasceu no País de Gales, tem 54 anos e é doutorado em teologia pela Universidade de Oxford, com uma tese sobre a espiritualidade na obra de John Henry Newman, teólogo e poeta inglês canonizado em Outubro último pelo papa Francisco.

Antes de assumir funções na Universidade de São José, em Setembro de 2018, Morgan desempenhou o cargo de ecónomo da Diocese de Portsmouth durante catorze anos. Casado, o director da Faculdade de Estudos Religiosos da USJ foi ao longo dos últimos meses também Director Académico do Seminário de São José.

O diácono galês, que viveu e trabalhou em Hong Kong na década de 90, tem vindo a assumir uma cada vez maior protagonismo no seio da Universidade de São José e no início de Janeiro acompanhou o padre Peter Stilwell a Pequim, numa visita em que o ainda reitor da Universidade de São José esteve reunido com a Conferência Episcopal Chinesa. O responsável discutiu com as autoridades eclesiásticas do Continente a possibilidade do Seminário de São José poder vir a formar sacerdotes para prestar serviço apostólico nas dioceses da China. Á margem de uma conferência realizada no mês passado nas instalações da Faculdade de Estudos Religiosos, Stephen Morgan comentou a deslocação à capital chinesa, mostrando-se confiante de que Pequim poderá autorizar a inscrição de alunos do Continente na instituição de ensino superior quando a altura for a mais adequada: “O que a Igreja Católica faz é propor Jesus Cristo e não impor Jesus Cristo. Em parte o que fizemos durante esta deslocação à China foi propor a Universidade de São José às autoridades chinesas. Dissemos-lhes que a USJ está ao serviço da China”, disse na altura o director da Faculdade de Estudos Religiosos.

Contactado pela Rádio Macau, Peter Stilwell confirmou que está de saída, depois de cumprir dois mandatos como reitor. O sacerdote, de 73 anos, é o terceiro reitor da Universidade de São José, depois do padre João Lourenço e de Ruben Cabral.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.