Wuhan. Cidadão japonês entre as vítimas do coronavírus

Um cidadão japonês morreu devido ao novo coronavírus em Wuhan, cidade chinesa onde o surto epidémico teve origem, anunciou este sábado o Ministério dos Negócios Estrangeiros japonês. Trata-se da segunda morte confirmada de um  paciente estrangeiro na China, depois dos Estados Unidos terem feito um anúncio similar esta manhã.

A diplomacia japonesa anunciou este sábado que um cidadão japonês sexagenário, suspeito de estar infectado com o coronavírus, morreu num hospital de Wuhan.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros japonês indicou que o homem tinha sido hospitalizado devido a uma grave pneumonia viral, sem que a causa tivesse sido formalmente identificada.

O óbito é o segundo de um cidadão estrangeiro na cidade que está no epicentro do surto epidémico. Este sábado, a Embaixada norte-americana em Pequim fez um anúncio similar: “Podemos confirmar que um cidadão norte-americano, de 60 anos, declarado portador do coronavírus morreu num hospital de Wuhan, no dia 6 de Fevereiro”, disse um porta-voz da embaixada dos Estados Unidos em Pequim. “Apresentamos as nossas condolências à família”, acrescentou o porta-voz, precisando que não seria feito qualquer outro comentário para manter a privacidade dos familiares.

Na quinta-feira, o Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês indicou que 19 estrangeiros tinham sido infectados na China, incluindo dois que já tinham recuperado. A nacionalidade dos pacientes não foi divulgada.

A República Popular da China elevou este sábado para 722 mortos e mais de 34 mil infectados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detectado em Dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei, cidade que está desde 23 de Janeiro colocada sob quarentena.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.