França confirma cinco novos casos de contágio em estância de esqui

Cinco novos casos de infecção pelo novo coronavírus foram diagnosticados em França, elevando para 11 o número total de pessoas infectadas no país. A informação foi avançada este sábado pelo Governo francês, que adiantou ainda que os pacientes em questão estão estáveis.

Segundo indicou a ministra da Saúde francesa, Agnès Buzyn, os cinco novos casos diagnosticados numa estância de esqui da região de Alta Sabóia são quatro adultos e uma criança, todos de nacionalidade britânica.

A responsável precisou que estas pessoas tiveram contacto com um cidadão britânico infectado que esteve em Janeiro em Singapura e que no regresso à Europa passou alguns dias em França, na localidade de Contamines-Montjoie (nos Alpes franceses), onde contaminou várias pessoas.

Os cinco novos pacientes foram internados na sexta-feira à noite num hospital em Lyon: “O seu estado clínico não apresenta qualquer sinal de gravidade”, referiu Agnès Buzyn, acrescentando que as autoridades francesas estão a tentar localizar e informar as pessoas que terão estado em contacto com o cidadão britânico infectado.

Os outros seis casos de infecção do novo coronavírus, que foram confirmados na semana passada pelas autoridades francesas, continuam internados num hospital em Paris especializado em doenças infecto-contagiosas.

O novo coronavírus (2019-nCoV), que pode provocar doenças respiratórias potencialmente graves como a pneumonia, foi detectado pela primeira vez no final do ano em Wuhan, na província de Hubei, no centro da República Popular da China.

Os últimos dados das autoridades chinesas confirmam pelo menos 722 mortos, a grande maioria na província de Hubei, e mais de 34 mil infectados em território chinês.

Em termos globais, o número de infectados supera os 34.800 casos.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou em 30 de Janeiro uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional, o que pressupõe a adopção de medidas de prevenção e coordenação à escala mundial.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.