Autora do esfaqueamento na Venceslau de Morais alega ter sido envenenada

A cidadã da República Popular da China que no domingo matou uma mulher à facada num edifício da Avenida Venceslau de Morais alega que foi envenenada pelo homem de quem andava à procura. O indivíduo – marido da vítima – terá mantido com a suspeita uma relação aberta há cerca de uma década, avançou esta terça-feira a Rádio Macau tendo por base informações avançadas pela Polícia Judiciária.

De acordo com a polícia de investigação do território, a atacante – casada e residente na China Continental – entrou em Macau por volta das quatro da tarde de domingo, tendo-se dirigido a um supermercado, onde adquiriu uma faca e duas garrafas de vinho.

A suspeita dirigiu-se depois ao quinto andar do edifício Pat Tat Suen Chuen, na Avenida Venceslau de Morais, para procurar o marido da vítima, com o qual terá mantido uma relação aberta há cerca de dez anos. O indivíduo em questão não se encontrava em casa, mas a mulher assassinada acabou por lhe abrir a porta, dado que a atacante era conhecida da família.

De acordo com a informação divulgada pela Polícia Judiciária, a suspeita tirou a faca da mala e esfaqueou a vítima mortal pouco depois de se terem sentado a conversar. A  mulher foi atingia com dois golpes no peito, um no pescoço e vários no braço, acabando por falecer a caminho do hospital.

A agressora atacou também a sogra da vítima, de 62 anos, a quem provocou vários golpes no abdómen e um dos filhos da mulher assassinada. A criança, de cinco anos, sofreu golpes no ombro, no tronco, no rosto e não mãos, tendo ficado com alguns dos tendões danificados, de acordo com a informação avançada pelos meios de comunicação social de língua chinesa.

A filha de 10 anos fugiu para pedir ajuda. Quando o Corpo de Polícia chegou ao local, a atacante já tinha ferido a mãe do alegado ex-namorado e a criança de cinco anos.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.