Chapas Sínicas. Torre do Tombo acolhe exposição sobre Macau

A exposição “Chapas Sínicas – Histórias de Macau na Torre do Tombo”, que apresenta alguns documentos entre os mais de 3.600 que constituem a colecção “Chapas Sínicas – Registos Oficiais de Macau durante a Dinastia Qing (1693-1886)”, é inaugurada na terça-feira, na Torre do Tombo, em Lisboa.

Os registos desta correspondência “reflectem as condições da sociedade, a vida das pessoas, as interacções político-administrativas, a gestão urbanística, a administração da justiça e tributária e outros assuntos de natureza religiosa e comercial que ocorreram em Macau naquele período”, afirma o Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

Esta exposição já se apresentou por duas vezes na China, na Biblioteca Nacional de Pequim, de 11 de Junho a 26 de Julho passado, no âmbito do Festival de Cultura de Portugal na China, e no Verão de 2018 no Museu das Ofertas sobre a Transferência da Soberania, de Macau, na programação do “Encontro em Macau – Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa”.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.