João Sousa lamenta “nervosismo” que lhe custou eliminação em Chengdu

O tenista João Sousa lamentou esta sexta-feira não ter conseguido “jogar a um bom nível” perante Lloyd Harris. O sul-africano bateu o português nos quartos de final do torneio ATP 250 de Chengdu, por 6-7 (5-7), 6-4 e 6-4.

“Tenho pena de não ter conseguido jogar ao mesmo nível em que joguei nas duas primeiras rondas. Se calhar acusei algum nervosismo, que não me permitiu jogar a esse bom nível”, defendeu.

Apesar da derrota nos quartos de final, o número um português e 62.º colocado no ranking da ATP atribuiu todo o mérito da vitória ao jovem sul-africano, de 22 anos, que ocupa o 111.º lugar na hierarquia mundial: “Jogou a um grande nível e conseguiu servir muito bem nos momentos importantes, além de ter conseguido contrariar o meu estilo de jogo”, reconheceu João Sousa, defendendo ter vivido “mais uma boa semana, positiva, e com um bom nível” na China.

Enquanto Lloyd Harris vai defrontar nas meias-finais o cazaque Alexander Bublik, que eliminou o búlgaro Grigor Dimitrov, por 5-7, 7-6 (9-7) e 7-6 (7-3), João Sousa vai “descansar e preparar a próxima semana” no Japão, onde vai disputar o torneio ATP 500 de Tóquio.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.