Comércio. Exportações cresceram 13,6 por cento em Julho

O território exportou em Julho mercadorias no valor de 1,04 mil milhões de patacas, um crescimento de 13,6 por cento face a igual período do ano passado. O anúncio foi esta sexta-feira feito pelas autoridades do território.

Em contrapartida, o território importou, no mês em análise, bens avaliados em 7,20 mil milhões de patacas (807,1 milhões de euros), menos 3,2 por cento em termos anuais homólogos, indicou a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC).

Consequentemente, “o défice da balança comercial de Julho de 2019 foi de 6,16 mil milhões de patacas (690,5 milhões de euros), aponta a DSEC, em comunicado.

Sobre a queda nas importações, os Sérvios de Estatística e Censos destacam, em Julho, os valores importados de “telemóveis, materiais de construção e joalharia em ouro”, que caíram, respectivamente, 54,4 por cento, 41,1 por cento e 22,9 por cento.

De acordo com a DSEC, nos primeiros sete meses do ano, o valor importado de mercadorias do interior da China baixou 5,4 por cento – em relação ao mesmo período de 2018 -, para 16,49 mil milhões de patacas.

Em sentido inverso, no mesmo período em análise, o valor importado de mercadorias da União Europeia (13,52 mil milhões de patacas) e dos países de língua portuguesa (506 milhões de patacas) cresceu 6,5 por cento e 10,3 po cento, respectivamente.

Já do lado das exportações, o valor exportado de mercadorias para o interior da China, entre Janeiro e Julho, fixou-se em 929 milhões de patacas, numa descida de 21,7 por cento face a igual período do ano passado.

Os bens exportados para Hong Kong (4,89 mil milhões de patacas), para a União Europeia (121 milhões de patacas) e para os Estados Unidos (112 milhões de Patacas) subiram 10,4 por cento, 0,2 por cento e 31,7 por cento, respectivamente, em termos anuais, indicou a DSEC.

Por seu turno, os valores exportados de mercadorias para os países ao longo da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota” (132 milhões de patacas) e para o bloco lusófono (981 mil patacas) desceram 8,4 por cento e 96,0 por cento, respectivamente.

Entre Janeiro e Julho o défice da balança comercial em Macau cifrou-se em 42,04 mil milhões de patacas (4,7 mil milhões de euros).

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.