Português vai subsistir além de 2049, defende Marcelo

Marcelo Rebelo de Sousa mostrou-se esta quarta-feira convicto que a língua portuguesa vai subsistir em Macau após a integração plena do território na República Popular da China, em 2049. O chefe de Estado português considera que o idioma de Camões é hoje mais falado no território do que era na altura da administração portuguesa.

No último dia da visita de Estado do chefe de Estado português à República Popular da China, Marcelo Rebelo de Sousa protagonizou um programa intenso em Macau, sem intervalos, reiterando por mais do que uma ocasião a mensagem de que o que dá valor ao território é “a diferença”. O chefe de Estado destacou também por mais do que uma vez a importância da presença da língua portuguesa.

Num encontro com a comunidade portuguesa, as autoridades locais, empresários e agentes culturais, na residência do cônsul-geral em Macau, Marcelo referiu que “é essa a força que explica por que é que hoje há quem fale português em Macau em maior número do que havia há 20 anos, há 30 anos, há 40 anos ou 50 anos ou há 100 ou há 200”.

Em seguida, o chefe de Estado português argumentou que “não é por causa da Lei Básica [da Região Administrativa Especial de Macau]” que vigora desde 1999 que Macau é diferente: “A Lei Básica fala num prazo de 50 anos. O que são 50 anos para uma cultura milenar como a chinesa e para uma cultura de quase mil anos como a portuguesa? Não é nada”, sustentou o chefe de Estado.

Marcelo Rebelo de Sousa, que de manhã apontou como provável o seu regresso a Macau em Dezembro para a celebração dos 20 anos do regresso do território à soberania chinesa mostrou-se convicto de que o idioma de Camões, de Pessanha e de Henrique de Senna Fernandes vai subsistir para além de 2049: “Ai, tenho a certeza, tenho a certeza absoluta, porque é isso que contribui para fazer a diferença de Macau”, afirmou, durante um passeio a pé no centro histórico, onde lembrou que o Presidente da República Popular da China , Xi Jinping, “conhece a especificidade de Macau”, o que é “uma grande vantagem”.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.