Marcelo Rebelo de Sousa. Regresso marcado para Dezembro?

Marcelo Rebelo de Sousa defendeu na segunda-feira que a República Popular da China quer fortalecer o Fórum Macau. O presidente da República de Portugal admitiu poder vir a participar nas celebrações dos 20 anos da transição da administração do território para a soberania chinesa, em Dezembro deste ano.

“Há o objectivo de dar mais força ao Fórum Macau: isso foi muito sentido em todos os encontros, nomeadamente no encontro com a delegação liderada pelo Presidente [chinês], Xi Jinping”, afirmou o chefe de Estado português.

O presidente da República de Portugal reuniu-se esta segunda-feira com Xi Jinping e o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, no arranque de uma visita de Estado de quatro dias, deslocação que incluiu ainda passagens por Xangai e pela Região Administrativa Especial de Macau.

A visita do Presidente da República ocorre no mesmo ano em que se celebra o 20.º aniversário da transição da administração de Macau de Portugal para a China. Xi Jinping deve participar das comemorações, que se realizam em Dezembro: “Há uma grande vontade de Portugal estar também presente”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, não negando a possibilidade de voltar ao território por essa ocasião. “Veremos. Também poderá ser o primeiro-ministro, por exemplo”, ressalvou.

A República Popular da China estabeleceu a Região Administrativa Especial de Macau como a sua plataforma para o reforço da cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa, em 2003, ano em que criou o secretariado permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau), que reúne ao nível ministerial de três em três anos.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou ainda a vontade de Pequim em apostar na Comunidade de Países de Língua Portuguesa: “A aposta na CPLP e a aposta conjunta na CPLP: uma via pode e deve ser o fórum Macau, mas todas as vias são boas para apostar na CPLP”, defendeu Marcelo.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.