“A Humidade dos Dias”, de Luís Mesquita de Melo, apresentado na Livraria Portuguesa

A obra “A Humidade dos Dias”, de Luís Mesquita de Melo, com a qual a agência literária Capítulo Oriental inicia a sua actividade editorial, é dentro de pouco mais de uma hora apresentada pelo advogado Sérgio de Almeida Correia. O baptismo literário tanto do autor como da editora estão agendados para as 18:30, na Livraria Portuguesa.

Sobre a obra, o escritor e ensaísta, Victor Rui Dores, assinala ser “escrito com boa fluência narrativa”, e “que desperta em nós uma imediata adesão afectiva, pois que estas páginas estão impregnadas de vozes, cheiros, sons, cores e sabores”.

A obra é feita de “memórias soltas dos ‘dias antigos e atlânticos’: o ‘vapor de quinze’; a fruta fresca do Pico; o balcão da casa do avô Silveira; as vindimas; o táxi do senhor Celestino; a camioneta do Cristiano; as arcadas do Liceu; os bailes, as paixões e ‘os beijos a saber a amoras’; o cinema ao ar livre”, entre outras como “o som das filarmónicas, das ganhoas e das cagarras; o sorvete da tarde; os bichos-da-seda”.

Luís Mesquita de Melo, de 55 anos, é licenciado em Direito e, em 1990, rumou ao Oriente tendo trabalhado em Macau. Regressou a Portugal em 1997, exerceu advocacia e voltou a Macau em 2005 para integrar o Grupo Las Vegas Sands. Reside actualmente no território.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.