COI aplaude candidatura conjunta das Coreias às Olimpíadas de 2032

A Coreia do Norte e a Coreia do Sul querem desfilar juntas na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 e formalizaram a intenção de disputar algumas modalidades com equipas conjuntas, informou o presidente do Comité Olímpico Internacional na sexta-feira.

Representantes governamentais de ambas as Coreias estiveram reunidos com o COI, em Lausanne. Os representantes dos dois países realçaram o contributo os Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang, em 2018,  deram para o abrandamento da tensão entre Seul e Pyongyang e reiteraram a intenção de lançar uma candidatura conjunta à organização dos Jogos Olímpicos de 2032.

As delegações da Coreia do Norte e da Coreia do Sul desfilaram juntas na cerimónia  de abertura dos Jogos de Pyeongchang pela primeira vez desde os Jogos Olímpicos de Inverno de 2006, que se realizaram em Turim. Os dois países disputaram ainda o torneio feminino de hóquei no gelo com uma formação unificada.

“Estamos conscientes de que os dois países estão muito interessados em realizar algumas acções conjuntas nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020. Para além de quererem desfilar juntas, poderão ainda apresentar equipas unificadas em várias modalidades”, adiantou Thomas Bach.

O Comité Olímpico Internacional disse ainda que os dois países solicitaram apresentar equipas conjuntas para as eliminatórias de quatro modalidades: basquetebol feminino, hóquei feminino, o evento de judo para equipas mistas, bem como a participação em várias provas de remo.

Entre os tópicos discutidos em Lausanne esteve também a possível apresentação de uma proposta para a organização conjunta das Olimpíadas de 2032, um gesto que arrancou elogios aos presidente do COI: “No nosso entender este é um grande exemplo de espírito olímpico. E é um grande exemplo do poder unificador dos Jogos Olímpicos”, afirmou. “O desporto vai continuar a construir pontes e a demonstrar o poder unificador dos Jogos Olímpicos. Acolhemos, por isso, calorosamente a iniciativa histórica das duas Coreias de apresentar uma candidatura coreana conjunta à organização dos Jogos Olímpicos de 2032.”

As relações entre as duas nações melhoraram muito no ano passado, quando o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, se encontrou com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, por três ocasiões.

“A Coreia do Sul deposita uma grande esperança na possibilidade de poder organizar conjuntamente com a Coreia do Norte os Jogos Olímpicos de 2032. Seul vai trabalhar com afinco para que a candidatura seja bem sucedida”, disse Do Jong-hwan, Ministro do Desporto e da Cultura sul-coreano, citado pela agência Reuters.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.