Coreia do Sul. Ministério Público acusa ex-presidente do Supremo Tribunal de abuso de poder

O Ministério Público da Coreia do Sul acusou formalmente o ex-presidente do Supremo Tribunal do país, Yang Sung-tae, de abuso de poder durante o período em que ocupou o cargo, entre 2011 e 2017.

A acusação acusa Yang e outros juízes pertencentes à Administração Nacional de Tribunais (ANT) – o ‘braço’ administrativo do Supremo – de influenciarem decisões judiciais para favorecer o Governo da ex-Presidente conservadora Park Geun-hye.

Os promotores acusaram ainda formalmente dois ex-juízes da ANT, Park Byong-dae e Ko Young-han, informou a agência de notícias Yonhap.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.