Milhares de pessoas deram as boas-vindas ao Porco no centro da cidade

Fotografia: OU Mun Tin Toi/TDM

Milhares de pessoas assistiram esta terça-feira, no centro da cidade, às comemorações do Ano Novo Chinês, a primeira grande parada da “Semana Dourada” que começou na segunda-feira e termina no domingo, durante a qual se aguarda quase um milhão de visitantes.

Grupos de famílias invadiram o percurso entre o Largo do Senado e as Ruínas de São Paulo para ver a Parada do Dragão Gigante e dos Leões, a queima dos panchões e para saudarem os 12 animais do zodíaco chinês que este ano é regido pelo Porco.

De resto, o desfile, os espectáculos culturais e o fogo de artifício dão o mote para o outro ponto alto da semana, agendado para quinta-feira, com a Parada de Celebração do Ano do Porco que marca o início das Celebrações do 20.º Aniversário do Estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau.

As autoridades do território lançaram mesmo uma plataforma inteligente de análise de dados para gerir o fluxo de visitantes, mas a zona central da cidade esteve longe de registar a habitual pressão turística, apesar da forte afluência no percurso entre o Largo do Senado e as Ruínas de São Paulo.

Neste período decorre na República Popular da China aquela que é já chamada a maior migração mundial, prevendo-se três mil milhões de viagens, entre 21 de Janeiro e 1 de Março, com os chineses a rumarem à terra natal para a principal festa familiar no país, que muitos comparam ao Natal que se celebra nos países ocidentais.

Em Macau, a “semana dourada” serve inclusive de teste para o lançamento de três projectos, previstos para este ano, em parceria com grupo Alibaba, na área do turismo: plataforma de trocas de dados do turismo, aplicação de observação dos visitantes e aplicação do fluxo de visitantes.

A monitorização do território, que em 2018 registou um número recorde de 35 milhões de visitantes, é feita em várias áreas, como na saída e entrada dos postos fronteiriços e em 20 locais turísticos.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.