Menina com quadro de hipertiroidismo associado à gripe faleceu esta manhã

Fotografia: Ou Mun Tin Si Toi/TDM

A criança, de quatro anos, foi internada no domingo, com dificuldades respiratórias e os pés inchados. Os Serviços de Saúde asseguram que a gripe não foi a causa da morte da criança, até porque a menina tinha sido vacinada há pouco mais de dois meses.

A menina de quatro anos que se encontrava internada no Centro Hospitalar Conde de São Januário com um quadro clínico reservado faleceu esta manhã, anunciou a Direcção dos Serviços de Saúde numa conferência de imprensa organizada esta tarde.

A criança, que apresentava uma afecção primária do miocárdio causada por problemas de hipertiroidismo, deu entrada na unidade hospitalar no passado domingo com dificuldades respiratórias e inchaço dos membros inferiores. Na segunda-feira, a menina foi diagnosticada com gripe, condição que agravou o quadro clínico com que deu entrada no hospital público. O estado da criança agravou-se durante a noite, acabando a criança por ser ligada a um ventilador, uma medida que acabou por se revelar insuficiente.

Na conferência de imprensa esta tarde organizada, os responsáveis pela Direcção dos Serviços de Saúde garantiram que a gripe não foi a causa de morte da menina.  O organismo lembra que tanto a vítima, como uma outra criança, de dois anos, que se encontra internada no Hospital Kiang Wu com um quadro de encefalite associada à gripe, foram vacinadas contra a influenza, em Outubro e Novembro do ano passado.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.