Polícia detém taxista e passageiros que se envolveram em altercação

Um taxista e dois passageiros foram detidos depois de alegadamente se terem envolvido em confrontos. O caso remonta à véspera de Ano Novo e terá sido origem na exigência, feita pelo condutor do carro de aluguer, de um pagamento adicional de 20 patacas aos passageiros que transportou.

As forças de segurança prenderam um taxista, de 30 anos, suspeito de ter retido três passageiros no interior da viatura, depois destes se terem recusado a pagar a tarifa exigida pelo condutor, noticiou esta quarta-feira a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

A ocorrência remonta à véspera de Ano Novo, quando o condutor foi abordado por três visitantes da República Popular da China que solicitaram os serviços do taxista para uma deslocação até um dos casinos da strip do Cotai. Ao chegar ao local, o condutor terá exigido um pagamento adicional de 20 patacas a cada um dos passageiros e perante a recusa trancou os três cidadãos do Continente no interior da viatura por um período de quase cinco minutos.

As vítimas denunciaram o caso à polícia, que acabou por deter o condutor. Durante o interrogatório a que foi sujeito, o taxista apresentou queixa contra dois dos passageiros, a quem acusou de agressão. O condutor foi submetido a um exame médico, que confirmou a existência de hematomas e escoriações. Os passageiros indiciados acabaram por ser detidos para interrogatório, de acordo com a Ou Mun Tin Toi.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.