Descoberto fóssil de herbívoro contemporâneo dos dinossauros

Os restos fossilizados do “Lisowicia bojani” foram encontrados na Polónia. O animal terá vivido há mais de 200 milhões de anos e foi contemporâneo dos dinossauros. A descoberta acaba com o mito de que os dinossauros eram os únicos grandes herbívoros que viveram no Triássico tardio.

Cientistas descobriram um fóssil que atribuem a um animal herbívoro que viveu  em território do que é a actual Polónia há mais de 200 milhões de anos e foi contemporâneo dos dinossauros, anunciou na quinta-feira a revista Science.

O animal, descrito como uma criatura de quatro patas e do tamanho de um elefante, terá pertencido ao mesmo ramo evolutivo dos mamíferos.

Um dos cientistas, Grzegorz Niedzwiedzki, paleontólogo na universidade sueca de Uppsala, sustenta que o fóssil, designado como “Lisowicia bojani”, desfaz a tese de que os dinossauros eram os únicos grandes herbívoros que existiam no período geológico do Triássico tardio.

Segundos os investigadores, factores ambientais no Triássico tardio terão impulsionado a evolução do gigantismo das espécies na Terra.

No artigo, os cientistas assinalam que os dicinodontes, criaturas herbívoras gigantes, viveram em simultâneo com os saurópodes, ramo da família dos dinossauros que mais tarde deu origem à espécie de dinossauro diplodoco, que habitou a Terra durante o período Jurássico, há aproximadamente 154 a 152 milhões de anos, e ficou conhecida pelo longo pescoço.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.