Air Macau vai receber três Airbus A320NEO no próximo ano

Os aparelhos vão ser cedidos à companhia aérea de bandeira do território em regime de leasing pela Bank of China Aviation. Os aviões deverão representar para a Air Macau um ganho substancial em termos de eficiência energética e ser entregues até ao final do primeiro semestre de 2019.

A Air Macau vai receber três novos Airbus A320NEO em regime de leasing, anunciou esta segunda-feira a BOC Aviation Limited. Numa nota de imprensa, a subsidiária do Banco da China para o sector da aviação civil adianta que os três aviões devem ser entregues à companhia aérea de bandeira do território até ao fim da primeira metade do próximo ano.

Trata-se do primeiro acordo de colocação de aeronaves contratualizado entre a Air Macau e a BOC Aviation, revela o Director Executivo da subsidiária do Banco da China, Robert Martin: “Ficamos muito satisfeitos por poder juntar a Air Macau à nossa lista de clientes e por poder contribuir para o fortalecimento da sua frota e dos seus planos de crescimento, à medida que a empresa procura exponenciar o seu posicionamento na florescente região do Delta do Rio das Pérolas”, assumiu o responsável. “O BOC Aviation está bem posicionado para apoiar a expansão do mercado to transporte aéreo da China, colocando ao serviço das empresas as aeronaves tecnologicamente mais avançadas”, explicou Martin.

Os três A320NEO que a Air Macau deverá receber na primeira metade do próximo ano são os primeiros aviões do género ao serviço da companha aérea. Chen Hong, Director Executivo e Presidente do Conselho de Administração da Air Macau, lembra que os três aparelhos representam para a empresa um ganho substancial em termos de eficiência energética: “O A320NEO está equipado com motores e “sharklets” de elevada eficiência energética. O aparelho é excelente em termos de performance e é o avião de fuselagem estreita mais avançado do mundo”, explicou o responsável da Air Macau. “Vamos continuar a reforçar a nossa visão estratégica de servir Macau com o objectivo de ser a companhia aérea preferida dos viajantes do território. Queremos oferecer produtos mais avançados e melhores serviços aos nossos passageiros”, complementa Chen Hong.

A Bank of China Aviation é uma das maiores operadoras mundiais de transportes aéreas. A empresas é proprietária de quase meio milhar de aparelhos, os quais se encontravam a 30 de Setembro colocados em regime de leasing em 89 companhias aéreas de 34 países e regiões distintas. Listada na bolsa da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong, a empresa tem sede em Singapura e escritórios em Dublin, Londres, Nova Iorque e Tianjin.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.