Japão. Concerto de banda sul-coreana cancelado devido a referência atómica

A TV Asahi cancelou a participação da banda sul-coreana BTS num programa ao vivo, depois de um membro do colectivo artístico ter sido fotografado com uma t-shirt que relacionava a libertação da Coreia com os ataque a Hiroshima e Nagasaki.

 

Uma televisão japonesa cancelou a actuação de uma banda sul-coreana após uma polémica sobre uma ‘t-shirt’ de um dos membros que associava o bombardeamento atómico e a libertação da Coreia do Sul do domínio nipónico na II Guerra Mundial.

O canal de televisão tomou a decisão após uma controvérsia nas redes sociais pelo facto de um dos membros da banda sul-coreana BTS ter envergado uma ‘t-shirt’ com a imagem de uma composição de um bombardeamento atómico e da celebração da libertação da Coreia do Sul do domínio do Japão que teve início em 1910 e só terminou após a Segunda Guerra Mundial, em 1945.

A TV Asahi confirmou ter contactado a editora da banda para tentar perceber por que razão um dos músicos da BTS ostentava aquelas imagens na ‘t-shirt’ e, entretanto, pediu desculpas aos telespectadores que esperavam pela actuação do grupo, agendada para esta sexta-feira.

O porta-voz da empresa, Shinya Matsuki, não fez mais comentários.

A Universal Music disse que continuará a fazer chegar o seu apoio à banda, mas confirmou que a sua presença no espetáculo ao vivo “Music Station” foi cancelada.

 

 

1 Comment

  1. Essa notícia é fake galera, eles não foram os únicos a terem o show cancelado, o problema é a relação tensa entre os dois países. A blusa não tem nada a ver, até pq é uma linha de uma marca famosa provavelmente escolhida pelo estilista deles.

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.