Economia. Robyn Denholm substitui Elon Musk na liderança da Tesla

A destituição de Musk surge no encalço de uma investugação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos da América. Robyn Denholm era até ao momento directora financeira da empresa de telecomunicações australiana Telstra.

A Tesla anunciou na quinta-feira que Robyn Denholm, da australiana Telstra, será a próxima presidente do conselho de administração da empresa, substituindo Elon Musk, afastado do cargo devido a uma investigação da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos da América.

Denholm, directora financeira da empresa de telecomunicações australiana Telstra Corp (TLS.AU), é membro do conselho de administração da Tesla desde 2014, embora tenha menos ligações a Musk do que outros executivos da empresa de veículos eléctricos, de acordo com a agência espanhola Efe.

Entretanto, a Telstra informou que Robyn Denholm abandonará o seu cargo na empresa nos próximos meses.

Elon Musk concluiu em Setembro um acordo com o regulador da bolsa americana, que o acusou de fraude. O memorando implicava que o empresário deixasse por três anos o cargo que ocupava na Tesla.

O acordo implicava também o pagamento de 40 milhões de dólares de coima (quase 35 milhões de euros), na sequência de uma acusação do regulador por violação das regras face aos investidores.

A autoridade bolsista dos EUA tinha pedido a um tribunal federal para destituir Elon Musk da presidência e da gestão da Tesla, acusando-o de fraude por declarações falsas sobre a retirada da empresa da bolsa.

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.