Jogo. Macau fez duplicar os lucros da Wynn Resorts

Os casinos dos dois resorts que a concessionária de jogo norte-americana explora no território foram responsáveis por receitas da ordem dos 1,1 mil milhões de dólares. A operadora de jogo apresentou receitas operacionais de1,7 mil milhões de dólares, um aumento de 10,2 por cento face ao terceiro trimestre do ano passado.

A Wynn Resorts apresentou esta quinta-feira lucros de 156,1 milhões de dólares (136,2 milhões de euros) e quase duplicou os resultados alcançados no período homólogo de 2017, com os casinos no território a serem decisivos nos resultados obtidos.

Entre Julho e Setembro, o grupo norte-americano registou receitas operacionais de 1,7 mil milhões de dólares (1,5 mil milhões de euros), um aumento de 10,2 por cento relativamente aos mesmos meses do ano anterior.

O EBITDA ajustado (resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) foi de 504,4 milhões de dólares, mais 6,6 por cento comparando com o mesmo período do ano passado, pode ler-se no comunicado.

Os dois ‘resorts integrados’ que o grupo tem em Macau – capital mundial do jogo e único local na China onde o jogo em casino é legal – acumularam receitas de 1,3 mil milhões de dólares. Já as receitas da Wynn em Las Vegas foram bastante inferiores (398,9 milhões de dólares), no terceiro trimestre de 2018.

O jogo nos casinos representa a fatia maior das receitas operacionais do grupo fundado pelo magnata Steve Wynn: 1,2 mil milhões de dólares, ou seja 70,6 por cento do total das receitas operacionais que o grupo registou no terceiro trimestre deste ano.

Só em Macau o grupo registou receitas provenientes do jogo no valor de 1,1 mil milhões de dólares no terceiro trimestre, um montante muito superior ao do jogo em Las Vegas , cidade que contribuiu com 92,9 milhões de euros para as contas do grupo.

O ‘resort’ integrado com maiores ganhos do grupo foi o Wynn Palace, situado na strip do Cotai, com receitas de 730,6 milhões de euros, um aumento de 39,1 por cento em comparação com o período homólogo do ano passado. As receitas do casino representaram 85,6 por cento do total dos ganhos do grupo no Wynn Palace.

O Wynn Macau registou receitas de 579,6 milhões de dólares, mais 3,1 por cento do que nos meses de Julho e Setembro de 2017. Já as operações em Las Vegas registaram uma quebra de 14,1 por cento, sendo agora de 398,9 milhões de euros.

Ao contrário do que se regista em Macau, a maioria das receitas do grupo em Las Vegas não diz respeito ao jogo, mas sim a aéreas que vão desde a restauração, entretimento e hotelaria, representando um valor na ordem dos 306 milhões de dólares (76,7 por cento do total das receitas).

Em Macau, as receitas que não dizem respeito ao jogo representam 181,1 milhões de dólares, ou seja, 13,9 por cento do total das receitas alcançadas nos dois ‘resorts’ integrados que o grupo tem em Macau.

 

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.