Mongóis detidos por roubo e uso indevido de cartões de crédito

Fotografia: Ou Mun Tin Toi/TDM

Os dois suspeitos integravam um grupo de quatro pessoas, todas oriundas da Mongólia, que utilizaram cartões de crédito roubados para efectuar compras no valor de mais de 200 mil patacas nos centros comerciais do Cotai. Dois dos suspeitos ainda se encontram a monte.

Quatro pessoas, todas de nacionalidade mongol, foram indiciadas pela Polícia Judiciária pelo roubo de cartões de crédito e pelo extravio de dados pessoais, noticiou a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

Os suspeitos – dois homens e duas mulheres – terão utilizado os cartões, roubados na vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong, para efectuar compras no valor de 200 mil patacas em lojas e centros comerciais do território.

Entre os bens adquiridos pelos suspeitos estão roupas, joias e telefones móveis. De acordo com informações prestadas à Ou Mun Tin Toi pela Polícia Judiciária, as os quatro suspeitos, munidos de documentação falsa, ter-se-ão revezado na utilização dos cartões, que terão sido utilizados por trezes vezes em sete estabelecimentos comerciais da strip do Cotai.

As autoridades do território tinham sido alertadas em Maio para o roubo dos cartões de crédito pela empresa que os emitiu, mas só agora conseguiu interceptar dois dos suspeitos, no momento em que se preparavam para abandonar o território. Os detidos recusaram-se a cooperar com as autoridades de Macau. Os dois outros suspeitos ainda se encontram a monte.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.