Sete trabalhadores colhidos por condutor sem carta

Fotografia: TDM/Ou Mun Tin Toi

O incidente ocorreu ao início da tarde desta quarta-feira numa oficina de lavagem de automóveis da Rua da Serenidade e obrigou à hospitalização de sete pessoas, todas de nacionalidade filipina. Três – duas das quais foram submetidas a cirurgias de emergência – permanecem hospitalizadas no Conde de São Januário.

Sete trabalhadores de nacionalidade filipina foram ao início da tarde desta quarta-feira hospitalizados, depois de terem sido abalroados por um condutor na oficina de lavagem automóvel onde trabalham, situada no Edifício Pak Lai, na Rua da Serenidade.

Na origem do acidente terá estado um lapso do condutor, que carregou no pedal do acelerador em vez de premir o travão. O homem, descobriu a Polícia de Segurança Pública após uma breve investigação, não tinha carta de condução, noticiou a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

Com idades compreendidas entre os 30 e os 49 anos, as vítimas apresentavam ferimentos com diferente gravidade. Um dos pacientes apresentava uma fractura comunutiva exposta do joelho esquerdo, outro uma fractura craniana, um terceiro uma concussão cerebral e três outros sofreram leves contusões nos membros.

Dois dos feridos foram submetidos a cirurgias de emergência e permanecem internados, o mesmo sucedendo com outra das vítimas. Os outros três pacientes já tiveram alta.

No Centro Hospitalar Conde de São Januário deu ainda entrada um cidadão com sintomas de transtorno emocional, após ter testemunhado o incidente. O homem já teve alta hospitalar, adiantam os Serviços de Saúde em comunicado.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.