MGM China com receitas de 606 milhões de dólares no terceiro trimestre

A concessionária de jogo, fruto de uma parceria entre a MGM Resorts e a empresária Pansy Ho, registou receitas de 606 milhões de dólares entre Junho e Setembro, montante que esconde uma subida de 37 por cento face a igual período do ano passado. A operadora beneficiou da abertura do MGM Cotai em Fevereiro último, assinala a empresa em comunicado.

A MGM China, concessionária de jogo que explora dois casinos no território, anunciou esta quarta-feira receitas de 606 milhões de dólares (533 milhões de euros) no terceiro trimestre do ano, um aumento de 37 por cento em relação ao período homólogo de 2017.

De acordo com um comunicado da operadora de jogo, que resulta de uma parceria entre Pansy Ho, filha do magnata Stanley Ho, e a norte-americana MGM Resorts, o terceiro trimestre do ano “beneficiou da abertura da MGM Cotai em Fevereiro de 2018, que contribuiu com receitas de 172 milhões de dólares”: “Estamos entusiasmados por ver um crescimento substancial da base de dados de clientes desde que abrimos o segundo resort integrado em Macau. Estamos ansiosos para maximizar as oportunidades de gerar mais lucros”, sublinhou em comunicado o director executivo da MGM China, Grant Bowie.

O MGM Macau continua a ser o ‘resort integrado’ com mais receitas, registando 434 milhões de dólares, uma subida de 7,8 milhões de dólares face aos meses de Julho a Setembro de 2017.

O EBITDA ajustado (resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) fixou-se nos 130 milhões de dólares, mais 7 por cento do que no mesmo período do ano passado.

Capital mundial do jogo, Macau é o único local na China onde o jogo em casino é legal. A receita do jogo em Macau em 2017 cresceu 19,1 por cento, para 265,7 mil milhões de patacas (27,5 mil milhões de euros), invertendo uma tendência de queda registada nos três anos anteriores.

Ao todo, o grupo norte-americano MGM apresentou receitas globais de três mil milhões de dólares, um aumento de 7 por cento comparando com o período homólogo do ano passado.

Para os resultados positivos globais, contribuíram decisivamente aqueles alcançados em Macau, já que as actividades do grupo nos EUA decresceram 2 por cento, em relação ao terceiro trimestre de 2017.

As receitas do jogo tiveram um peso de 48,4 por cento (1,465 mil milhões de dólares) nas receitas globais, um numero significativamente inferior aquele divulgado na semana passada pela também norte-americana Las Vegas Sands (71,5 por cento) que também opera em Macau.

Os lucros da MGM diminuíram cinco milhões de dólares, no período em análise, fixando-se agora nos 143 milhões de dólares.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.