Marianas do Norte. Super tufão Yutu fez um morto e vários feridos

O volume de prejuízos é no entanto considerável nas principais ilhas do arquipélago. A Direcção dos Serviços Meteorológicos e Geofísicos adiantou na quinta-feira que a baixa a possibilidade da tempestade poder vir a afectar o território. O Yutu deverá entrar no Mar do Sul da China na segunda-feira.

 

O super tufão Yutu, o mais forte do ano na região setentrional do Pacífico, atingiu as Ilhas Marianas do Norte, com ventos de 290 quilómetros por hora e causou pelo menos um morto e vários feridos, anunciou esta sexta-feira o gabinete do governo local.

Numa mensagem publicada nas redes sociais, o gabinete do governador referiu que uma mulher, de 44 anos, morreu depois de procurar abrigo num prédio abandonado que acabou por ruir durante a tempestade.

O super tufão Yutu causou elevados danos ao passar pelo arquipélago, sendo expectável que as ilhas necessitem de vários meses para restaurar a electricidade e a água corrente.

A ilha de Tinian foi atingida directamente, enquanto que os “ventos catastróficos” devastaram grande parte de Saipan. O delegado do território no Congresso norte-americano, Gregorio Kilili Camacho Sablan, disse que as ilhas precisarão de “ajuda significativa” para recuperar dos danos provocados pela tempestade, referindo que várias pessoas ficaram feridas e estão a aguardar no hospital para serem tratadas.

Este super tufão atingiu as ilhas com uma força equivalente a um furacão de categoria 5, na escala de Saffir-Simpson, sendo esperado que venha a perder intensidade nos próximos dias.

As Ilhas Marianas do Norte estão a mais de seis mil quilómetros do Havai e têm cerca de 56 mil habitantes.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.