Holanda. Organização quer convencer o mundo a adaptar-se às alterações climáticas

(© Alexander/stock.adobe.com) SILO-GlobalWarming-adobe Polar Bear and global warming

Chama-se Comissão Global para a Adaptação às Alterações Climáticas, é uma iniciativa do Governo holandês e tem por objectivo colocar o aquecimento global na agenda política a nível internacional. O antigo secretário geral da ONU, Ban Ki Moon, é um dos fundadores do novo organismo.

Várias personalidades internacionais, incluindo o ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, associam-se a partir desta terça-feira, em Roterdão, à Comissão Global para a Adaptação às Alterações Climáticas, instituição promovida pelo Governo holandês.

A comissão – na qual pontuam líderes de governos como o do Reino Unido, Bangladesh e Alemanha – deverá ter como principais destinatários os outros líderes mundiais, para os apressar nas medidas necessárias para proteger as zonas mais vulneráveis aos impactos do aquecimento global e as populações que lá vivem.

O fundador da Microsoft Bill Gates e a diretora do Banco Mundial, Kristalina Georgieva, estão também na lista de membros da comissão, que será conhecida hoje na totalidade.

A Ministra holandesa das Infraestruturas e Gestão da Água, Cora van Nieuwenhuizen, afirmou que o seu país, directamente ameaçado pela subida do nível dos oceanos por se encontrar abaixo do nível do mar, tem experiência neste campo e por isso quer liderar o processo.

Na missão da Comissão lê-se que deverá “convencer as nações a tomarem medidas para se prepararem para as consequências das alterações climáticas”

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.