Polícia descobriu pensão ilegal na Rua de Pequim

Fotografia: Ou Mun Tin Si Toi/TDM

Um apartamento, situado na zona do NAPE, estava transformado num “hotel-cápsula”, com vários dispositivos unipessoais instalados nas cinco assoalhadas da fracção. A operação resultou na detenção de um homem por excesso de permanência e de duas mulheres, que terão entrado ilegalmente no território.

Macau já tem um hotel cápsula. Pena é que seja ilegal. O Corpo de Polícia de Segurança Pública descobriu na sexta-feira uma pensão ilegal na Rua de Pequim, noticiou a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

De acordo com a Ou Mun Tin Toi, agentes da PSP depararam-se na zona do NAPE com um apartamento transformado numa unidade que prestava serviços ilegais de hotelaria. Nos quatro quartos e na sala da fracção em questão estavam instaladas várias cápsulas individuais, que seriam alugadas a 300 patacas por noite. Durante a operação conduzida pelo Corpo de Polícia de Segurança Pública, as forças de segurança encontraram seis alegados hóspedes, três mulheres e três homens. A rusga resultou na detenção de um homem de 30 anos, que se encontrava no território em excesso de permanência e duas mulheres, oriundas da República Popular da China que terão entrado no território ilegalmente.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.