Justiça. Detidos suspeitos de fraude

Dois cidadãos da República Popular da China foram detidos depois de se terem envolvido numa escaramuça com um compatriota no átrio de um dos hotéis do território. Os homens são suspeitos de terem tentado burlar a vítima em nove mil renminbi, na sequência de um acordo tendo em vista o cambio de 100 mil dólares de Hong Kong.

A Polícia Judiciária anunciou este sábado a detenção de dois cidadãos da República Popular da China suspeitos de tentarem burlar um terceiro compatriota em mais de 9000 renminbi.

De acordo com a emissora em língua chinesa da Rádio Macau, os dois homens ter-se-ão oferecido para cambiar 100 mil dólares de Hong Kong por renminbi. Ao abrigo do acordo gizado, a vítima deveria transferir o dinheiro para a conta dos suspeitos em duas remessas. Depois de transferido o montante, os alegados burlões alegaram que o dinheiro não teria sido transferido na totalidade e terão tentado extorquir à vítimas os 9000 renminbi que se encontravam alegadamente em falta.

Vítima e suspeitos envolveram-se em cenas de pancadaria no lobby de uma das unidades hoteleiras do território, acabando por ser conduzidas à esquadra. Depois de interrogar os suspeitos e o queixoso, a PJ decidiu ter provas suficientes para fazer seguir o caso para o Ministério Público. Os dois homens deverão ter que responder perante a justiça por fraude, de acordo com a Ou Mun Tin Toi.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.