Serviços de Saúde confirmam nono caso importado de febre de dengue

Close up a mosquito sucking human blood_set B-1

A vítima é um cidadão do Continente que trabalha no estaleiro de construção do Grand Lisboa, no Cotai. O homem visita todos os fins-de-semana a família na cidade continental de Xinhui e terá contraído dengue numa das últimas deslocações a casa.

A Direcção dos Serviços de Saúde foi esta terça-feira notificada pelo Centro Hospitalar Conde de São Januário para a detecção de um novo caso importado de febre de dengue, o nono registado este ano pelas autoridades sanitárias do território.

A patologia foi diagnosticada num homem da República Popula da China que mora em Zhuhai e que trabalha no estaleiro de construçcão do Grand Lisboa Palace. A vítima, de 35 anos, desloca-se todos os fins-de-semana à cidade de Xinhui para visitar a família e terá contraído febre de dengue aquando da última deslocação ao coração da vizinha província de Cantão.

O homem, que visitou Xinhui a 23, a 25 e a 29 de Setembro, foi visto por um médico numa clínica privada a 28 de Setembro, depois de ter adoecido com febre, calafrios e dores musculares. Como os sintomas não desapareceram, o paciente acabou por recorrer aos Serviços de Urgência do Centro Hospitalar Conde de São Januário na segunda-feira, tendo sido submetido a testes de despistagem da doença na segunda-feira. Os exames ao sangue acabaram por confirmar esta terça-feira uma infecção por febre de dengue de tipo I.

Quanto a casos locais de febre de dengue, até às 17 horas de ontem não tinham sido confirmadas novas infecções. Relativamente aos três casos locais identificados na semana passada, pai, filho e neto já estão totalmente recuperados, de acordo com um comunicado de imprensa dos Serviços de Saúde.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.